Vídeo de Domingo. O Papa e o Menino

Posted on 1 de dezembro de 2013 por

3



Fonte da Imagem. uol.com.br

Fonte da Imagem. uol.com.br

Este vídeo não é desconhecido. Correu o mundo e, claro, aumentou a popularidade do Papa Francisco I e criou uma celebridade instantânea, o garoto que “oficiou” parte da cerimônia junto do Papa.

Não encontrei, pelo menos não com certeza, o nome do garoto e sua história. Mas enfim, isto é o menos importante. O que chama a atenção no vídeo é a espontaneidade da criança, que chegou a sentar no cadeira de Francisco.

Em alguns momentos, tenho a impressão de que o Pontífice está meio incomodado, pela sua expressão. E os seguranças tentam retirar o garoto, que se recusa. Bem, não sei o que aconteceu. Mas no pontificado de Bento XVI, tenho a impressão de que o garoto não se aproximaria. Não porque Bento não o permitisse, mas porque os seguranças não o permitiriam. Aliás, não ocorreria também no pontificado de João Paulo II. Na primeira vez que este último esteve no Brasil, vi pela TV um homem ser desconcertantemente agarrado pelo ombro pelo então cardeal Paul Marcinkus, que era, então, ligado ao Banco do Vaticano e, segunda e imprensa, havia praticado artes marciais. Detalhe, o homem agarrado pertencia mesmo ao grupo que estava acompanhando a visita do Papa…

Marcinkus acabou no ostracismo, por questões ligadas ao Banco do Vaticano que nunca ficaram claras para nós e nem vão ficar, se depender do zelo do Vaticano em manter certos assuntos em sigilo. Bento XVI renunciou. E Francisco I está aí, com a difícil missão de reaproximar o povo da Igreja Católica. Não sei se vai fazer esta reaproximação. Não sei que reaproximação quer e com que tipo de Igreja.

Mas uma coisa é fato.

Sua postura parece ser diferente.

Tão diferente que o garoto ficou lá e protagonizou uma cena bonita, muito bonita.

Neste início de mês de dezembro, mês de Natal, que o vídeo nos lembre, sejamos católicos ou não, cristãos ou não e mesmo religiosos ou ateus, da importância de acolher e educar as crianças. Elas são o futuro que vamos criar e este futuro pode ser de amor, tolerância e solidariedade, ou pode ser o inverso.

Os cristãos acreditam que Cristo nasceu entre nós para nos ensinar. E ainda criança ensinou no templo. E ainda agora, embora tenhamos que ensinar às crianças, elas também podem nos instruir com sua espontaneidade e sua simplicidade. Que possamos aprender isto.

Bom Domingo.

 

Posted in: Vídeo