Do leitor para o leitor. por J.F. Höfling

Posted on 20 de agosto de 2019 por

0




Embaixador do Brasil nos Estados Unidos…uma decisão familiar?!
A defesa da perspectiva do “Presidente Bolsonaro” em colocar o seu filho Eduardo como representante do Brasil na Embaixada Americana “estremeceu” mais uma vez as pessoas conscientes desse País… Querem conhecer as credenciais desse “suposto indicado” para um cargo de tão importância para nós brasileiros, portanto, vital para a nossa nação? Aqui vai: “Conheço bem aquele País, e os filhos do Presidente Trump…fiz intercâmbio lá e “aprendi a fritar hamburger nos Estados Unidos no frio do Maine, divisa com o Canadá, no frio do colorado em uma montanha”. Fantástico e pertinente, não acham?
Segundo o “Presidente”, ele não vê problemas em indicar seu filho Eduardo como representante do Brasil em Washington…e segundo ele…quem ele colocaria? O Aloysio Nunes que foi motorista do Marighella? Querem que eu bote quem lá? Dito por ele mesmo…
Como vemos o “Presidente” parece não ter muitas opções…com tantos indivíduos que temos com mérito e inteligência para o cargo naquele País… Mas se não pensar como ele…literalmente…está fora!
Na verdade, caros leitores…com seu filho lá, pretende viabilizar exploração de terra e promover uma guinada na política ambiental (acabar com a farra das multas e tornar automática a licença do agronegócio sem a “interferência de órgãos reguladores”), ampliando espaço tão almejado por um segmento da população que o “colocou lá”. Em governos anteriores, indicação de Presidente foi “negado” pelos políticos vigentes…e agora? Vejamos o desenrolar de mais uma novela de nossa política…Querem mais? Aguardem…e bom dia.

J.F. Höfling, é Professor Universitário.

Posted in: Colaborações