Respostas e Ausências dos Candidatos sobre a Questão da FUMEP. Por Luis Fernando Amstalden

Posted on 6 de outubro de 2012 por

0



No dia 27 de Setembro, publiquei um artigo a respeito da arrecadação da FUMEP e da necessidade de maior transparência na gestão da mesma (ver post do dia). No dia 28 enviei mensagens para todos os candidatos à prefeitura de Piracicaba, indagando suas posições a respeito do assunto e pedindo a abertura de um diálogo. Postei esta mensagem no dia 29, como pode ser visto abaixo e disponibilizei o espaço do Blog para respostas dos candidatos e até artigos dos mesmos se estes o quisessem.

No dia 30 recebemos a primeira e única resposta, do Dep. Dilmo dos Santos, que publiquei imediatamente. Até hoje, véspera da eleição, nenhuma outra mensagem foi respondida, daí não terem sido publicadas, obviamente.

Fica a pergunta. Por que não obtivemos respostas de outros candidatos?

São várias as explicações possíveis.

Uma primeira explicação é a de que eles podem não ter visto os emails.

Isso seria compreensível dada a correria de uma campanha. Mas por outro lado, por que então eles disponibilizam sites, perfis no Facebook e endereços eletrônicos? Se eles próprios não podem ler e responder tudo, o que também seria compreensível, então deveriam colocar assessores para ler, triar e enviar respostas aos seus eleitores, seja desta nossa questão seja de muitas outras pertinentes que devem ter sido enviadas a eles. Se não fazem isso, então a comunicação eletrônica é apenas uma aparência de canal de comunicação e não um canal efetivo.

A segunda explicação seria a de que eles viram, mas não tiveram tempo de responder e/ou de se interar da situação. No caso vale a mesma argumentação acima. Por que os assessores não o fizeram? Talvez eles próprios não tenham tido tempo. Muito bem, a corrida eleitoral toma tempo de todos. No entanto penso que, pelo menos uma pequena mensagem dizendo que haviam recebido e que não poderiam opinar agora, mas o fariam assim que possível, seria adequada e um sinal de respeito para com os eleitores.

Uma terceira explicação seria a de que os candidatos que não responderam, acreditam que a FUMEP não tem problemas ou que a mesma não lhes diz respeito. Eles tem direito de achar que a FUMEP não tem problemas, mas poderiam nos dizer isso, não? Faltou o que para defender a opinião, caso achem que a FUMEP não precisa de discussões, de que lá está tudo bem? Coragem ou interesse? Por outro lado, se acreditam que ela não lhes diz respeito, então não sabem que ela é pública e que a maioria dos curadores é indicada pela prefeitura. Pior, não sabem que a prefeitura declara a receita da FUMEP no seu site de transparência. Espero sinceramente que nenhum candidato acredite que ela não lhes diz respeito. Porque se acredita, então é um tolo incompetente.

Por último, resta a explicação, também muito possível, de que os candidatos pensem que o Blog é inexpressivo e os leitores que comentaram os artigos são poucos e valem pouco em termos de voto. É bem possível sim. O Blog não é de alguém famoso (eu não sou) nem excepcional (tampouco o sou). Não concorre e nem quer, com outros de amenidades ou fofocas. Mas é um Blog reflexivo e, embora muito menor do que outros, atingiu do dia 18 de Abril de 2012, quando iniciamos as postagens, até agora, dia 6 de Outubro de 2012, a quantia de 26.618 acessos (até o meio dia de hoje), um número significativo, penso eu, para quem não chegou a seis meses de existência ainda, não? Já os artigos sobre a EEP e a FUMEP, contando com o primeiro, “Carta Aberta a Comunidade Acadêmica da EEP” que trabalha o mesmo assunto, foram acessados 2556 vezes até o momento. E continua subindo.

Eu penso que é expressivo sim. Mas talvez seja menos expressivo do que dizer mentiras em comícios ou por escrito em panfletos e “santinhos” que são distribuídos aos milhares. Talvez o Blog e seus leitores (hoje temos sete outros blogs nos acompanhando e 493 “seguidores” entre os diretos e os que o fazem via Facebook) constituam um público menos fácil de enganar ou “enrolar”, daí a necessidade de ignorar e concentrar-se nos menos reflexivos.

Enfim, para finalizar, devo dizer que dois candidatos a vereador e um a prefeito se manifestaram. Eu agradeço imensamente e declaro aqui meu apoio a eles. Espero que sejam eleitos e vou buscar o diálogo com eles sobre a FUMEP e sobre muitos outros problemas municipais que me interessam e dizem respeito enquanto cidadão. Podem ter certeza de que também vou cobrar este interesse manifestado por eles aqui. E se, no futuro, eles se “esquecerem” de que se manifestaram, eu vou cobrá-los aqui e no Jornal.

Abraços a todos.

E bom voto.

Posted in: Artigos