Browsing All posts tagged under »Crônicas/contos«

Brasileiros Longe de Casa. Quando a Neve Cai, por Hannah Verheul. Apresentação Luis Fernando Amstalden

março 5, 2013 por

2

Quando somos crianças, as coisas ao nosso redor tem outra magia. Uma casa, uma árvore, um quintal, todos são mais interessantes do que quando somos adultos. E não é só isso. Também as pessoas, seus hábitos, sua fala e ainda os sons, os cheiros e os sabores nos despertam mais atenção. Tudo é mais intenso […]

Crônicas de Telópoli – O que sobrou do céu (Overture).Por Fábio Casemiro

fevereiro 11, 2013 por

0

(Fábio Casemiro, o H, é uma das pessoas mais inteligentes que conheço. Inteligente e inquieto, aquela inquietude frente a vida que só  os que aliam a sensibilidade à inteligência possuem. Uma inquietude que o leva a muitos campos, como as artes marciais, a música, a poesia, a filosofia e a escrita.  Que o dota de […]

Um dia! Por Cinthia Siqueira

janeiro 22, 2013 por

2

7hs. AM (telefone) – Cinthia, minha mãe passou mal esta noite, não vai poder ir trabalhar. – Sem problemas, se precisarem de algo é só me avisar, fala pra ela se cuidar. – Criançada, corram colocar chinelo, a mãe vai pegar uniforme lá no fundo e vamos pro consultório. – Olha meninos, aqui tem bolacha, […]

Minha Tia e o Natal. Por Luis Fernando Amstalden

novembro 28, 2012 por

15

Eu tinha no máximo quatro anos quando minha tia me levou pela mão até o centro. Pouca idade, mas a lembrança se aferrou a minha mente como o fascínio das descobertas infantis geralmente faz. Caminhamos pela longa rua, mais longa na minha mente do que na realidade. No caminho eu via as luzes de Natal […]

As Joias da Infância. Apresentado por Luis Fernando Amstalden e Primeira História de Ana Camilla Negri

novembro 12, 2012 por

11

Uma das melhores coisas de conviver com crianças é presenciar as “joias da infância”. Você sabe do que estou falando. São aquelas atitudes, aquelas frases, aqueles pensamentos e raciocínios que as crianças pequenas começam a proferir e manifestar. Algumas são engraçadas, dotadas de uma lógica própria ou de uma apropriação das frases e pensamentos dos […]

A Vida e o “Mar”. Por Luis Fernando Amstalden

novembro 1, 2012 por

13

Quando já estava doente, Corado Caglieri disse que gostaria de ter escrito um livro. Queria ter contado de sua vinda da Itália para o Brasil, ainda pequeno. Lembrava tão vivamente da cena do navio se afastando do porto e dos lenços dos parentes acenando, ficando cada vez menores até desaparecerem. Depois, olhando para o outro […]

Um Blog Muito Bom. Por Luis Fernando Amstalden

outubro 22, 2012 por

1

Há muito tempo atrás (sorry Cinthia) tive a honra de ser professor da Cinthia Siqueira e também de seus irmãos, Raquel e Rafael. Naquela época eles já eram brilhantes, todos os três. E a Cinthia e a Raquel eu vi no palco, em peças feitas pelo colégio. Excelentes também, as duas. Tanto na interpretação quanto […]

Desabafo. Por Max Schulkin

outubro 17, 2012 por

1

eu só me sinto mal pq eu penso que eu nasci e vivo entre a raça humana e cada dia eu fico mais velho fadado a morrer um dia e vou passar boa parte da minha vida tentando juntar dinheiro uma invenção humana pra pagar coisas que não existem pra dar dinheiro pra outras pessoas […]

Tríptico da contemplação (o rio que passa atrás de casa). Por Fábio Martinelli Casemiro

outubro 13, 2012 por

2

  Meu Amigo Fábio Casemiro, o “H” velho de guerra, presenteou-me com este poema, um tríptico, pelo dia de meu aniversário. Demorei para postar. Antes porque andei sem tempo para me dedicar o quanto queria ao Blog. Depois porque fiquei curtindo sozinho um pouco. Um certo “egoísmo” de “criança” com um presente, que antes de […]

Um Dia. Por Rebeca Serrano

outubro 8, 2012 por

1

Ela caminha com passos largos e rápidos. Desde quando consegue se lembrar gosta da idéia de chegar mais rápido e isso lhe satisfaz. Após alguns anos seguindo uma rotina suportável e poucas vezes interessante, já conhece as lojas e algumas pessoas sabem seu nome. Atravessa a rua com agilidade de quem já internalizou a experiência […]

O homem. Por Rebeca Serrano

agosto 22, 2012 por

9

Sol escaldante em mais um dia de trabalho, rotina e minutos contados. Passo pelas ruas automaticamente, me preocupando apenas com a lista de coisas a fazer, se o tempo será suficiente; se haverá uma fila pra me deixar ainda mais cansada de esperar por coisas que nem sei mais. Sinto falta de momentos únicos, sejam […]

quando somos feitos reféns do comum, somos feitos pensar fora do comum…insustentabilidade da mediocridade impassível! Por Gyorgy Henyei Neto

agosto 14, 2012 por

1

Estava ele, um jovem, esperando algo. Não que algo acontecesse, apenas esperando algo. Um ônibus, uma carona, um conhecido pra acenar e mão e fingir estar feliz em vê-lo, um amigo pra conversar e ficar menos solitário naquela estação monótona e sombria, mesmo sendo três horas de uma tarde clara, quente e estranhamente calma. Esperava […]

Os Pais e os Tios. Por Luis Fernando Amstalden

agosto 11, 2012 por

5

  Não tive filhos e isso não é um problema. Por uma série de motivos, creio que se fosse para tê-los, deveria ter sido muito tempo atrás, mas não agora. No entanto, sou tio de dois garotos e isso, às vezes, me rende momentos de “Pai”. Claro que eu não substituo nada, não provenho e […]

VELHO AMIGO. Por Antônio Carlos Danelon

agosto 8, 2012 por

2

Depois que o Senhor chamou minha mãe de volta, vi meu pai durante bom tempo chorando pelos cantos da casa pedindo que ela voltasse. Se para nós foi difícil, para ele mais ainda porque ela era o seu esteio. Quando se apagou a luz que ofuscava todos os defeitos, ele se viu diante de si […]

SE NÃO… Por Valéria Pisauro

agosto 5, 2012 por

2

Ele surgia sem ninguém desejar.    Se sorria, nunca vi.    Seu rosto trazia um mapa da vida; mas, sem história ou geografia, sem idade ou saudades, muito menos poesia – impossível de contextualizar.    Seu olhar indiferente e cabisbaixo não denunciava nem encarava, seguia inerte e fixo entre o acaso e o desejo, procurando […]

Raj, Jaya e Satya (Poema)

julho 31, 2012 por

14

Não sou poeta, mas de vez em quando, algo “parecido” com poesia flui para minhas mãos. Este texto foi assim. Fluiu quando obsevava os gatinhos brincando. Os mesmos sobre os quais escrevi outro dia, o Raj, a Jaya e a Satya. Aqui “brinco” novamente com os significados de seus nomes e suas atitudes. Peço desculpas […]

Raj, Jaya e Satya. Por Luis Fernando Amstalden

julho 21, 2012 por

23

Uma das ideias expressas no Ramayana, épico hindu que já resenhei neste Blog, é a de que o Deus Rama (mais conhecido no Ocidente pelo nome de Krishna, uma de suas encarnações) é a face amorosa da Divindade, o espírito da compaixão divina para quem todas as criaturas são preciosas e dignas de amor. Em […]

Se paga no final do caminho…Por Gyorgy Henyei Neto

julho 14, 2012 por

1

Carros passam e se cruzam por entre passagens estreitas em lugares que as vezes nem ao menos se podem passar. Querem chegar a lugares, querem ser levados sem força para algum compromisso, querem ao menos se locomoverem. Eles não passam rápido, se cruzam devagar, sem pressa. Por que pressa? Os compromissos podem esperar, a hora […]

Série Ossos do Ofício. Por Renato Celini Badiale

julho 10, 2012 por

3

Os alunos que trabalham de dia e estudam a noite, chegam para aulas na maioria das vezes bastante cansados, e normalmente temos que tentar animá-los para que participem de nossas aula. Nesse vídeo, ao depararmos com um aluno que estava com bastante sono, bocejando muito, tentamos animá-lo com uma estória da nossa juventude, relacionada a […]

Ossos do ofício – Profissão: Farmacêutica. Por Juliana Machado Amstalden

julho 4, 2012 por

14

Todo ofício tem seus “ossos”.  O de farmacêutica tem muitos. Dar injeção em marmanjo que desmaia, por exemplo. O cara entra lá, maior machão, começa a tremer antes e despenca na hora da agulhada. Tem também os clientes bravos ou sem educação mesmo  porque não podem comprar alguns  remédios sem receita (geralmente são os calmantes […]